Dúvidas

Com qual frequência devemos ir ao dentista?

Visitas regulares ao dentista são importantes para avaliar a condição das pessoas e seus dentes e saúde bucal em geral. Geralmente, os dentistas recomendam visitas duas vezes por ano para uma limpeza e um check-up. Algumas informações podem ajudá-lo a saber uma frequência melhor para ir ao dentista.
O número de visitas ao dentista deve ser determinado pelo dentista junto ao paciente.

Como combater e prevenir o mau hálito?

Mau hálito, ou halitose,  atinge cerca de 30% a 40% da população brasileira. Dentre as mais de 60 causas existentes, 90% estão na boca, devido a gengivites, periodontites, cáries etc.
Mas é preciso ficar de olho, porque o mau hálito também pode ser sinal de problemas mais sérios, como diabetes, endometriose e, em alguns casos, até tumores. Veja como evitar constrangimentos.
Dicas para fugir desse mal…
Para não ser pega por esse problema ou, se já foi atingida, acabar logo com ele, atenção às seguintes dicas…
- Visite o dentista regularmente. De seis em seis meses é o período indicado pelos especialistas.
- Mantenha uma dieta balanceada. Evite alimentos açucarados, fumo e bebidas alcoólicas em exagero. Longos períodos sem se alimentar também ocasionam o problema.
- Tome em média 2 litros de água por dia. Isso estimula a produção da saliva, um importante “detergente bucal” que é composto em 90% de água.
- Evite o estresse. A tensão faz com que a boca seque, e boca seca é sinal de mau hálito…
- Faça sempre uma higiene bucal após as refeições, usando principalmente escova, fio dental e raspadores linguais.
- Troque a escova de dentes mensalmente.
- Fique atento se há sangramento gengival ou feridas que não cicatrizaram em uma semana.
- Caso use, não se esqueça de higienizar bem as próteses e os aparelhos ortodônticos.
- A pessoa que tem mau hálito não sente, pois as células do nariz se acostumam ao odor, ocasionando uma fadiga olfatória. Portanto, peça sempre para alguém próximo a você lhe avisar caso esteja com o hálito alterado.

O que é bruxismo?

É uma força excêntrica gerada no contato dos dentes superiores com os dentes inferiores de forma involuntária. Devido à sua intensidade (pode ser até quarto vezes maior que a força alimentar), é extremamente prejudicial para dentes e articulação.

Quando devo trocar minha escova dental?

Troque sua escova de dentes a cada três meses ou quando as cerdas estiverem desgastadas. Além disso, é muito importante trocar de escova depois de uma gripe ou resfriado para diminuir o risco de nova infecção por meio dos germes que aderem às cerdas.

 

Conheça alguns de nossos parceiros